Mangaverso

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Yoruichi cat.jpg Made in Nihon ^~^

Este é um artigo kawaii ¬¬ com tecnorogia japonesa, né? (ou não x/)
Para os otakus isso é melhor que a realidade =O
Mas se vandarizar, o Hisoka vai jogar cartas de truco em você x/


Mangaverso foi uma péssima ideia da Marvel Comics de transformar seus principais personagens em mangá, mais ou menos a mesma porcaria feita por Mauricio de Sousa na Turma da Mônica Jovem.

WTF?[editar]

Mangaverso? Não... Isso está com cara de fanart (mas convenhamos que assim talvez desse certo).

Por que a Marvel resolveu defecar uma bosta dessas? Simples, com a chegada do século XXI, o avanço da tecnologia foi tornando-se cada vez mais natural, e o ocidente passou a consumir cada vez mais produtos vindos do oriente (mais especificamente do Japão), por serem mais baratos e ao mesmo tempo mais duráveis (ou seja, melhores).

Na indústria do entretenimento não foi diferente, e logo os guris retardados cansaram daquele monte de quadrinhos lisérgicos sobre super-heróis e passaram a ler mangás, mesmo estes sendo sem graça cor, feitos de um papel mais vagabundo que jornal e ainda por cima ao contrário.

Logo, a Marvel concluiu que o sucesso deles estava na estética, com personagens olhudos, onomatopeias que ocupam metade da página e outras porcarias do tipo. Aí que surgiu a ideia: por que não adaptar seus gibis para aquele segmento? Claro, seria muito arriscado colocar tudo a perder e logo de cara mudar o visual de todos os personagens, então ficou decidido criar apenas um multiverso experimental.

Para tanto, foi contratado um otaku amador metido a mangaká que aprendeu a desenhar com aquelas revistas podres de curso de desenho vendidas nas bancas, o que explica as horrorosas proporções do seu traço.

OMG![editar]

Multiverso rendeu 13 edições originalmente publicadas entre 2000 e 2006. Sim, TREZE, o número do azar (que foi todo nosso). No Brasil, parte desse lixo saiu entre 2002 e 2003, mas vendeu tão bem que nenhuma editora quis trazer o resto.

Praticamente todos o elenco da Marvel, por mais coadjuvante que fosse o sujeito, participou da saga, nem que fosse só uma mençãozinha, mas os protagonistas foram: Homem-Aranha, Justiceiro, Motoqueiro Fantasma, Quarteto Fantástico, Vingadores e X-Men.