Ordona

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Símbolo de Ordona. Fazendeiro e um Carneiro Gordo Estranho.

Ordona é o primeiro espírito penado de luz visto em Twilight Princess e seu nome sem noção é formado pela confluência de Or - FarORre, Do - Din (nada haver esse) e Na - NAyru, portanto não é uma entidade nova (do contrário causaria trabalho aos criadores de Zelda), mas apenas uma fusão das três deusas e uma entidade a mais para Link ajudar.

Ordona vive na Província de Ordona na Ordon Spring abençoando os carneiros Ordons. Ordona em Zelda é o deus dos fazendeiros, dos roceiros, dos caipiras e daqueles seres que andam com matinho à boca. O local de repouso de Ordona é aonde Link, sua namoradinha e Epona gostam de se reunir para tomarem banho ao ar livre. Nessa localidade há também uma conveniente passagem secreta para caso alguma coisa errada aconteça.

Para variar Link mata na boa vontade vários doidões esquisitos chamdos de Twilit Menssengers e liberta Ordona de uma merda e salva 1/4 do mundo. É Ordona que faz com que Link deixe de ser caipira e se vista de verde para salvar o mundo mais uma vez.

Ordona é um cachorro misturado com lobo com chifres de alce e lembra uma raposa gorda com fome.

A criação dessa divindade foram os Ordon Goat, carneiros gordos e principal fonte de renda de Hyrule junto às galinhas.

Ordona se une aos outros 3 espíritos de luz no final de Twilight Princess para dar à Zelda uns palitos dourados e fonte de vitória pela enésima vez sobre Ganondorf.