Polystation 2

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bolsa delícia.jpg Passa a certeira! Perdeu, preibói!

Oxe, venha cá, este artigo da porra vem do Brasil! Só fala de futebol, come feijoada, exporta diplomatas, puxa o saco dos EUA, paga imposto pra caralho e põe a culpa no governo pela ausência do Prêmio Nobel.


Polystation 2 mostrando o segredo do seu sucesso: No compartimento, nada de DVDs ultrapassados, negócio é enfiar o cartucho dos 10000 jogos repetidos em 1.

Cquote1.png Sua intenção era pesquisar: SE FODEU! Cquote2.png
Google dando uma de adivinho com a pesquisa de Polystation 2
Cquote1.png Ahhh...será que ele vai gostar?... ele queria tanto um videogame, e era um pretinho assim. Cquote2.png
Mãe desinformada sobre Polystation.
Cquote1.png É mãe, era isso mesmo que eu queria... Cquote2.png
Garoto triste sobre Polystation 2.

O temível Polystation 2 é uma tentativa de plágio fabricado pela a empresa do demônio, Capeta Game, e, tenta imitar o PS2, como a tentativa do DEMO de ganhar primeiramente dinheiro. Não deu certo nos 100 primeiros equipamentos, pois ele colocou um sistema que atrai as pessoas de baixa renda que o compram no farol por 10 paus, e, quando colocam a fita, libera um odor demoníaco de enxofre.

Quando o inútil pobre fica possuído, ele sai na rua espalhando o caos e terror nas cidades...

Os vendedores do Polystation 2 são encarnações de demônios que nem o capeta quis no inferno... Por favor, faça um esforço e compre um Videogame decente, pode ser o Polystation, mas não jogue muitas horas seguidas...

Cquote1.png EU TENHO MEDO DE JOGAR MUITAS HORAS SEGUIDAS!! Cquote2.png
Regina Duarte sobre Polystation 2

OBS: O texto acima foi escrito pelo Irmão Rubens e como todos os vídeos de ficção científica de baixa qualidade de filmagem e efeitos especiais, deve ser desconsiderado. Mas sim, o Polystation 2 é do diabo mesmo.


História[editar]

Inicialmente projetado para substituir o Atari, o primeiro Polystation só saiu anos depois, e alguns anos depois do primeiro, veio o segundo (claro). A empresa que criou o Polystation 2 era tão imbecil que colocou na caixa do jogo "gráficos 3D" e "128 bits" para enganar o consumidor, como se alguém fosse acreditar que essa porcaria que custa 30 reais na papelaria da esquina fosse ter esses gráficos. PolyStation 2 foi projetado a 50 anos atrás para concorrer com o Master System, mas só foi lançado vários anos depois junto com o Playsterco 2 por falta de opções e de grana. Depois de a empresa ter um prejuízo de mais de 4 milhões de dólares ela se ligou de que seu console era um lixo e que compensaria mais comprar um minigame (7 reais enquanto o Polystation 2 custava 30). O mais bizarro é que o console vem com uma sub-metralhadora Mac-10 que funciona a pilha e que não tem entrada e o videogame tem 9999999 jogos na memória, sendo 62 diferentes, como o Super Boy, o Aero the Acro-Bat e o SOMARI, e o resto repetido dos 62. O console tem constantes SlowDowns por possuir um processador primitivo e totalmente ultrapassado. Seu Joystick é igual ao do PlaySterco 2, a única diferença é que o controle é rosa e o fio é vendido separadamente (sim, você ainda tem que comprar por fora o fio do controle). No mercado esta a venda Memory Card 8 MB para Polystation 2, sendo que os jogos são de 8 bits e de pontuação (estilo Pong), portanto o Memory Card conseguiria salvar todos os jogos sozinho e ainda dava pra usar num jogo do Playstation 1 sem problemas.

"Este esboço é uma Silmaril. Faça ele mais forte
antes que Morgoth o conquiste."