Segurança Pública

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Juiz.jpg Certifico, a quem interessar possa e para os devidos fins, que este artigo trata de assuntos chatos jurídicos

Data venia, se você tiver alguma informação adicional a trazer aos autos, protocole uma petição solicitando a juntada de uma procuração que outorgue a você poderes para tanto, ou clique aqui.

Brasao2.gif

Segurança Pública é caso de polícia!
Não se espante se durante a leitura deste artigo você for parado.
Apenas contribua para a cervejinha.

Tropadele.gif Este artigo é protegido pelo BOPE!

Este artigo é da Tropa de Elite e faz coisas que assustam o Satanás. É bom você não ser traficante, membro do CV, playboyzinho maconheiro ou da tropa dos corruptos, ou o 07 vai pegar a vassoura!

TimeBope.jpg

Cquote1.png Você quis dizer: Aquilo que o Estado não dá Cquote2.png
Google sobre Segurança Pública
Cquote1.png Experimente também: Caveirão Cquote2.png
Sugestão do Google para Segurança Pública
Cquote1.png Explodiram outro caixa eletrônico? Deixem os meninos brincarem com as dinamites deles, pô! Cquote2.png
Geraldo Alckmin sobre Segurança Pública.
Cquote1.png Temos três edifícios na região central construídos há uma semana e quatro deles caíram. Cquote2.png
Secretário de Obras sobre segurança em construções.
Cquote1.png E o outro caiu como? Cquote2.png
Governador sobre cair quatro só tendo três.
Cquote1.png O outro edifício já existia e não pagava o IPTU. Mandamos derrubar. Cquote2.png
Secretário de Obras sobre destruir um escritório.
Cquote1.png Boate Kiss? Claro que tinha segurança! A maioria morreu queimado. Cquote2.png
Governador do Rio Grande do Sul sobre incêndio na boate Kiss.
Cquote1.png Como vamos dar segurança pros outros se nós mesmos não temos? Cquote2.png
Polícia Militar de todos os estados brasileiros sobre Segurança Pública.

Segurança Pública é um conjunto de medidas, meios, metros, instituições do Estado e segmentos da sociedade civil que buscam trazer proteção aos cidadãos por meio de repressão e prevenção de situações de perigo humano, natural ou mineral. Trocando em míudos: Segurança Pública é mais uma coisa que vira promessa política e que toda capital brasileira sente falta. Ao contrário do que muitos pensam Segurança Pública não é competência apenas dos fardados ou das Forças Armadas.

Por que precisamos de Segurança Pública?[editar]

Ás vezes os próprios bandidos se tornam agentes da Segurança Pública.

Imagine a seguinte situação hipotética feita para você largar de ser trouxa e perceber que Segurança Pública é algo essencial na sociedade: você está indo tranquilamente para a casa de um amigo seu, depois da meia-noite, e carrega consigo um saco preto cujo conteúdo é uma revista de cunho adulto. Você planeja uma noite de bronha e meinha descobertas relacionadas ao corpo feminino com seu amigo, mas algo acontece com você antes de chegar na casa dele: um ladrão armado com uma arma de fogaréu lhe rende e esbraveja: "ou dá ou desce!" Você olha para um lado, olha para o outro e não vê nenhuma viatura, Guarda Municipal, Quartel do Exército ou Corpo de Bombeiros por perto e percebe que terá que abaixar as calças entregar o saco com a revista e os vibradores que guarda nas nadégas. Este é um pequeno exemplo de como a falta de Segurança Pública pode prejudicar um indivíduo e a sociedade em geral.

A Segurança Pública visa formar bandidos nobres e letrados.
Gatos também merecem segurança. Seu odor afrodisíaco é coisa de outro planeta!

Segurança Pública segundo esferas do poder[editar]

Lembre-se sempre: quanto mais fuzis, maior a segurança (ou não).

Enquanto os artistas circenses ficam se perguntando sobre o sexo dos anjos os bandidos sapateiam na Constituição e decretam a Primeira Lei Bandidística:

Cquote1.png Segurança Pública é meu ovo! O bagulho é roubar e cheirar flores crack. Cquote2.png

No Brasil é comum acontecerem coisas que fazem parecer que a Segurança Pública não existe. Por exemplo: o caso Eloá, estado de São Paulo, 2008, fez toda a população brasileira notar que é muitissímo fácil entrar em condomínios alheios, manter pessoas em cárcere mijado privado e depois dá-lhe um tiro na virilha sem mais nem menos; e uma segunda lição aprendida era que os policiais do GATE eram um bando de frutinhas que tinham medo de um simples esquizofrêncio maníaco-possessivo psicopata, misántropo e orkuteiro com um revólver .38 enferrujado.

Outro caso icônico da falta de Segurança Pública no Brasil é o caso da socialite, madame Suzane Von Richthofen, que se vingou dos pais que não a deixavam escutar NxZero; os matando com narigadas na mão. Saindo da parte criminosa, o Brasil também não tem Segurança Pública em outros aspectos. No ambiental: florestas, matas e o quintal da sua casa são depredados por fumadores de cachimbo e baloeiros que queimam a merda da vegetação com fogo e fumaça. No aspecto encostal a Defesa Civil nunca avisa para os moradores de encostas, valões ou favelas cariocas que eles moram em uma área de risco e que qualquer garoa vai derrubar os seus barracos. Há milhares de outros casos sobre a falta de Segurança Pública, mas caso queira saber deles então veja Brasil Urgente ou Cidade Alerta.

Policiais são atacados das maneiras mais traiçoeiras possíveis.

Segurança no âmbito federal[editar]

Em todo o território brasileiro a Polícia Federal e as Forças Armadas do Brasil cuidam e ficam de olhos bem arregalados para atividades criminosas em todo o território nacional; crimes como cassinos subterrâneos no interior de Minas Gerais, criação de vacas geneticamente mutantes em Goiás e a produção suspeita de pastéis de flango no bairro da Liberdade, cidade de São Paulo. O maior problema da Segurança Pública em todo o Brasil é o fato dos soldados e policiais nas fronteiras se divertirem com putas pagas e deixarem milhares e milhares de drogas, armas, cargas de cigarro, DVDs piratas e haitianos entrarem ilegalmente no Brasil. A Operação Lava Jato da Polícia Federal tenta trancafiar esses bandidos.

Muitos policiais percebem que comer uma buceta é (muito) melhor do que trocar tiros com bandidos.

Segurança no âmbito estadual[editar]

Aqui estão listados alguns dos principais problemas de Segurança Pública em cada estado da Federação Brasileira:

Cquote1.png Você fique de olhos bem abertos para que nenhum bandido passe por nós. Cquote2.png

Segurança no âmbito municipal[editar]

Municípios de interior de estado contam com um sistema de Segurança Pública muito frágil, porque os poucos policiais, bombeiros, guardas municipais, homens da Defesa Civil et cetera da cidade estão por demais ocupados tomando seus cafézinhos. Um dos poucos crimes que proliferam em cidades pequenas é o crime da fofoca; que é altamente destrutivo pois mancha a reputação daquele que é menos potente, menos respeitado ou menos transante.

A falta de cafézinhos em delegacias e batalhões prejudica o rendimento dos policiais.

Entidades relacionadas com a Segurança Pública[editar]

  • Polícia Militar - A que finge que reprime o crime.
  • Polícia Civil - A que finge que investiga os crimes.
  • Polícia Federal - A que finge que age em todo o país.
  • Exército - O que finge que cuida das fronteiras.
  • Marinha - A que finge que cuida dos mares.
  • Aeronáutica - A que finge que faz alguma coisa.
  • Associação de Moradores - A que faz a mediação entre favelados, manos do tráfico e "us puliça".
  • Guarda Municipal - Cuja função é descer o cacete em camelôs.
  • Defesa Civil - A que avisa sobre deslizamentos e dirige o rabecão.
  • Corpo de Bombeiros - Cuja função é salvar gatinhos da árvore e depois cheirá-lo .
  • Funerária - As que mais lucram com as políticas de Segurança Pública.
  • Secretaria de Segurança Pública - Cuja função é fazer porra nenhuma.
  • ONGs de Direitos Humanos - Cuja função é fumar maconha enquanto os policiais levam tiro na favela.
  • Tráfico de drogas - Que permite ou não a atuação da Segurança Pública.

Grandes mentores da Segurança Pública[editar]

Cquote1.png Segurança Pública é um assunto para o mein führer. Cquote2.png
  • Adolf Hitler - A principal ideia desse mentor era a blitzkrieg: ataque seus inimigos antes que eles percebam que serão atacados. Suas principais lições para a Segurança Pública atual foram a de desfilar nos territórios inimigos conquistados e nunca assinar tratados de não-agressão.
  • Capitão Nascimento - O formulador da "limpeza etníca" e o de conceito de estratégia em favelas do Rio. Sua principal contribuíção foi o método da vassoura no rabo para interrogar suspeitos.
  • Napoleão Bonaparte - Nos ensinou que se não quiser um confronto não ataque primeiro.
  • Jair Bolsonaro - O formulador do slogan eu quero é que se foda! "bandido bom é bandido fascista".
  • Apresentadores de telejornais sensacionalistas - Pensadores modernos dos princípios "assim não pode ficar!" e "quem defende bandido também é bandido".

Ver também[editar]

Mais uma coisa para tentar melhorar a Segurança Pública.