Telespectador português, lojista e punheteiro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Bambu.png Telespectador português, lojista e punheteiro é boca suja!

Sem vergonhamm! SEM VERGONHAMM!!

Bambusilvio.JPG


Com uma apresentadora dessa, até Anônimo bate uma ao telefone

Cquote1.svg Posso bater uma punheta enquanto falo consigo? Cquote2.svg
Telespectador português e punheteiro sobre repórter gostosa (?).

Telespectador português, lojista e punheteiro é o nome de uma entidade de Lisboa cujos fetiches já se elevaram tanto que ele é capaz de ligar para um jornal televisivo para pedir para Marta Atalaya, uma jornalista razoavelmente gostosa ajudá-lo em sua punheta.

Tudo o que nós sempre soubemos é que os portugueses eram meio burros. É, mas isso não passa de um comentário idiota e nem um pouco construtivo, sequer possui algum valor ou mesmo certeza. Mas que alguns deles são meio saidinhos, nem precisa de se comentar. E é sim o caso desse telespectador, que fala de Lisboa.

Como se deu o caso?[editar]

Alfredo, um lojista, estava meio que sem nenhum movimento na sua loja quando decidiu telefonar pro programa "Opinião Pública", tentando usar sua lábia pra convencer a repórter a fazer algo pra ajudá-lo. Bem, talvez a ajuda não fosse lá muito convencional, vamos dizer assim, afinal, nosso amigo é um onanista e queria realizar seu prazer enquanto falava com a repórter. Provavelmente, esse senhor deve ter assistido a RedeTV na época do programa "Noite Afora", com Monique Evans, e achava que esse programa, além de funcionar da mesma maneira, ainda se tratava de um disk sex via televisão...

Estado atual da criatura[editar]

Ele atualmente está em casa batendo muita Punheta Diária, afinal, ele gravou toda a conversa e fica o tempo todo voltando só pra ouvir a voz da repórter... que pervertido! Não era mais fácil assistir um filme de Sylvia Saint? Bom, deixa pra lá...

Ver[editar]