The Legend of Zelda: Phantom Hourglass

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg The Legend of Zelda: Phantom Hourglass é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, um Chefão faz mais uma vítima.


The Legend of Zelda: Ampulheta Fantasma
The Legend of Zelda Phantom Hourglass capa.png

Capa do jogo onde Link se une a Michael LineBack Jackson para fazer apologia à pederastia

Informações
Desenvolvedor Não-intendo
Publicador Não-intendo
Ano 2007
Gênero Continuação de uma destruição de um clássico aclamado
Plataformas Não-Entendo DS
Avaliação 10 (para os emos)
Idade para jogar 6+ se for normal; 32+ se for emo por conter agrssão animada que podem deixar aquele menor ficar sem dormir a noite

Cquote1.png The Legend of Zelda: Phantom Houlglass Cquote2.png
Cebolinha sobre The Legend of Zelda: Phantom Hourglass
Cquote1.png Mama mia. Cquote2.png
Super Mario sobre The Legend of Zelda: Phantom Hourglass
Cquote1.png Continua sendo um pirralho com uma espada Cquote2.png
sonysta sobre Link
Cquote1.png Esse elfozinho do barulho vai entrar em altas loucuras nesse mundo de cão de telas duplas pra nenhuma princesa botar defeito! Cquote2.png
Narrador Da Sessão da Tarde sobre The Legend of Zelda: Phantom Hourglass
Cquote1.png ... Cquote2.png
Link sobre The Legend of Zelda: Phantom Hourglass

The Legend of Zelda: Phantom Hourglass trata-se de apenas mais uma jogada comercial da Nintendo para agradar um seleto grupo de fãs emos da franquia The Legend of Zelda e de quebra ainda ganhar toneladas de dinheiro em cima dos fanboys mais insistentes que em pleno 2007 ainda não desistiram da Nintendo. O jogo foi exclusivamente feito para o Nintendo DS, aquele celular de duas telas que não dá ligações, nem minutos bônus.

Jogabilidade[editar]

Sendo este o primeiro jogo da franquia The Legend of Zelda para Nintendo DS, a Nintendo buscou inserir o máximo de funcionalidades exclusivas do portátil o quanto fosse possível, a fim de utilizar todo o potencial do hardware do DS. Sendo assim, os movimentos do Link são controlados através de massagens com os dedos aplicadas à tela sensível ao toque deixando nesta tela as várias impressões digitais gordurosas, obscurecendo a visão do cenário totalmente pixelizado em 3D que faz com que o Toon Link pareça um tumor cerebral estranho.

Nessa ideia de utilizar todas funcionalidades do DS, alguns puzzles requerem que o jogador berre contra o microfone do aparelho como se fosse um bebê maníaco reclamando que engoliu uma colher de plástico que agora se encontra alojada em sua garganta impedindo a passagem de ar. Essa função foi designada exclusivamente para atrair olhares de reprovação por parte das pessoas próximas ao jogador, visto que é possível usar o DS em público, já que é um videogame portátil, afinal Shigeru Miyamoto odeia nintendistas e tem como objetivo de vida estragar suas vidas, ou você acha que o Wii Fit foi feito para que?

Por ser uma continuação direta de Wind Waker, Phantom Hourglass manteve a única mecânica de Wind Waker que todos mais odiavam: a parte de velejar. Exceto que agora a navegação é ainda mais entediante, porque tudo o que você faz é traçar uma linha reta no mapa e observar a paisagem passar, similar ao jogo Enduro.

Além do modo história, o jogo inclui um modo de batalha multiplayer, onde os jogadores podem se divertir caçando e perseguindo um loiro indefeso procurando matá-lo de todas formas possíveis. Um jogador controla Link, enquanto o outro controla o quase invencível Pyramid Head. Os jogadores de ambos os lados são auxiliados por esteroides anabolizantes que aparecem no campo de jogo. O objetivo do Link é pegar uma peça gigantesca de Toblerone e levá-la até sua base. O outro jogador, controlando três Pyramid Heads deve encontrar e apunhalar Link com suas facas enormes. Quando Link é eviscerado, a rodada termina e os jogadores trocam de lado. A duração máxima de um jogo com vários jogadores é de 12 dias, supondo que o Link não seja pego pelos pyramid heads.

Enredo[editar]

Um tipo de side-quest no jogo, desenhar seios nas cartas náuticas para tentar reverter a viadagem de Michael Jackson.

A história do jogo segue as aventuras de Link e Zelda Tetra, que vivem no mundo de Waterworld de Kevin Costner, de uma Hyrule que fora coberta por uma inundação (ops, teria isso sido um spoiler de Wind Waker para você?). Viajando no navio pirata de Tetra, o casal descobre um navio fantasma, no qual Tetra imediatamente embarca mesmo nele estando escrito "não entre, navio fantasma". Zelda Tetra grita por socorro e é sequestrada, o que realmente não deve ser interpretado como uma surpresa a essa altura da franquia The Legend of Zelda. Na verdade, Link viu que ia dar merda com várias horas de antecipação, mas estava distraído deixando a porcaria toda rolar, até cair na água.

Link vai parar na ilha do Link's Awekening, e quando acorda, ainda sob os efeitos alucinógenos de engolir água salgada demais, imagina estar num mundo que tem os mesmos gráficos de crianças emos do Wind Waker. É lá que ele conhece o Michael Jackson, que será seu novo amigo e até dará seu navio para ele, pois assim poderia ter orgias em alto mar com Link. E partem numa grande aventura para reunir brinquedos sexuais.

Eventualmente Link descobre que a Zelda Tetra foi transformada em pedra, uma maldição que só pode ser revertida matando um bug no sistema do jogo chamado de Bellum. Link descobre que ele deve forjar as Meninas Superpoderosas a partir de três frascos do Elemento X localizados em ilhas tão próximas uma da outra que você se perguntaria porque o mundo é tão pequeno assim. Após reunidos os frascos, Link pode enfrentar Bellum nos subsolos de sua caverna sinistra. Após intensos combates, o vilão é derrotado e Tetra é libertada de seu estado petrificado. Mas eles nem podem comemorar com Michael Jackson a missão bem sucedida, porque uma vez de volta ao barco, Bellum surge, afunda o navio e possui a alma de Michael Jackson, transformando-o num pedófilo agressivo e destruindo com a sua reputação or esto de sua vida, e assim surge o Michael Jackson zumbi do clipe Thriller, que força Link a lutar contra ele num enorme concurso de dança zumbi. Mas Link vence até essa competição, livrando seu amigo Michael da possessão e enchendo de areia do Phantom Hourglass. Uma baleia azul recolhe e leva consigo todos os brinquedos sexuais coletados por Link, enquanto Michael Jackson, surpreendendo a todos, não deseja ficar com as crianças e apenas volta ao seu navio. Tetra e Link retornam para o navio pirata de Tetra, onde sua tripulação diz que apenas dez minutos se passaram desde que o par deixou o navio, insistindo que sua jornada fora apenas um sonho e que aquele jogo não deveria de jeito nenhum ser considerado canônico da saga. No entanto, Link ainda possui o agora vazio Phantom Hourglass e vê o navio de Michael Jackson no horizonte, sabendo que sua aventura foi real, e que deveriam considerar esse jogo como canônico sim, por mais ridículo que fosse.

Chefes[editar]

  • Carinhas de fogo - Três pirralhos que se inspiram nos desenhos do Dragon ball para se fundirem e tentarem queimar a rosca do Link. Fáceis de matar pois sofrem de bumeranguelofobia e são apenas o primeiro chefe.
  • Polvinho do vento - Polvo azul tosco pra cassete que prevê resultados da copa de 2010 peida vento para tentar derrubar o Link. O bicho é tão burro que se você jogar uma bomba no furacão de peido dele, ele não desvia nem rebate, só leva.
  • Caramujinho infectado com um puta de um tumor cancerígeno - Esse chefe é baseado nos bichinhos inocentes transmissores de xistose (ou seja lá como se escreve) da vida real. Primeiro, ele tem uma camuflagem que faz ele ficar incolor, então você não vê ele chegando por trás para meter o ferro. Segundo, ele é infectado com esquistossomose, então você tem que atirar flechas ao esmo tentando acertá-lo em sua cabeça, que é muito fácil de adivinhar onde está localiza-la.Depois é só cutucar a cabeça dele bem de longe com a espada que ele vai para o outro plano.
  • Mimadinhas do Barco - Quando você for idiota o suficiente para entrar no barco que pegou a guria, você vai encontrar quatro patricinhas que se acham. Elas vão te pedir para comprar uma pochete rosa da Hannah Montana, mas se você não tiver 274536425 rupees, você terá de jogar na cara delas que não vale a pena gastar um centavo de peso com elas recusar pois talvez não tenha rupees suficientes. Aí elas vão ficar bravinhas e jogar bolas de pó azul para olho em você, rebata com sua espadinha e aí é só correr pro abraço.
  • Dinossauro do capeta - Podem chorar, fãs, pois King Dodongo e sua incrível inteligência voltaram, só que menor, mais tosco e emo. Outra diferença é que você também tem a ajuda de um cocô de diarreia solidificado para matar o bicho de hemorragia interna.
  • Pseudo-hidra - Esse chefe é falseta até onde dá! Ele tem duas cabeças,uma que solta bolas de sorvete sabor flocos e outra que tem asia solta bolas de sorvete sabor morango, e pra matá-lo é só jogar a bola de um no outro. Mas peraí! Como que um é a fraqueza do outro se os dois tem o mesmo corpo?! Se um é a fraqueza do outro, eles não deveriam se matar automaticamente só pelo fato de existir?!
  • Um robozão soviético - Infelizmente a Reversal Russa não conseguiu dominar o mundo, então a União Soviética construiu um robô de pedra tosco que cospe flecha e não tem mão, só martelo. Ironicamente, morre levando martelada em suas rachaduras que não foram tampadas pela competente equipe de Karl Max.
  • Bellum - Finalmente a Nintendo resolveu por um último chefe num Zelda que não fosse o Ganondorf! Bellum é uma lula deformada que morava na União Soviética, por isso solta tinta roxa tóxica em VOCÊ! Atire flechinhas em seus pézinhos que ele foge e te deixa em paz(OU NÃO).
  • Bellumbéque - Se você foi emo o suficiente para achar achou que tudo acabou quando o Bellum avuô feito brabuleta se fudeu infelizmente cometeu um pequeno erro. O que se sucede é que o Emobéque ficou estressadinho quando soube que acabariam as orgias com Link, então se deixou possuir (ui!) pela lula deformada pelo Bellum, ficando parecido com um soldado obeso apesar da anorexia fodástico e com uma armadura cabulosa, além de uma espada de dois metros (ele usa para isso mesmo que você está pensando, fazer um furacão). Pra matar ele é só parar o tempo, correr uma maratona, vencer uma partida de WAR, dominar o mundo, ensinar português pro Lula, dar 36524 golpes de espada na bunda do chefe, repetir isso 30 vezes e aí ele morre.