The Legend of Zelda: Tower of Triforce

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Gramsci.jpg ATENÇÃO, CAMARADA

Este artigo é comunista, e portanto, foi escrito por um Comunista, ou por um torcedor do Liverpool, ou do Manchester United, ou de qualquer torcedor de um time vermelho ou ainda, por fãs da Ferrari.
Se você associar este artigo à Quebrando o Tabu, levará uma picaretada.

Virtualgame.jpg The Legend of Zelda: Tower of Triforce é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Lavos destrói o mundo.

 

Nessa versão, Link viraria um espião contra o czar rei de Hyrule.

Cquote1.png Você quis dizer: A Link to the Past comunista Cquote2.png
Google sobre The Legend of Zelda: Tower of Triforce
Cquote1.png Vamos fazer a REVOLUÇÃO!!! Cquote2.png
Talon sobre ir fazer a revolução em Hyrule, antes de tomar uma corça e morrer (como em todos os A Link to the Past...).
Cquote1.png Se eu sou o rei nesse jogo, onde é que eu fui parar? Cquote2.png
Agahnim sobre seu misterioso sumiço no jogo.

The Legend of Zelda: Tower of Triforce é uma versão hacker (mais uma...) do clássico The Legend of Zelda: A Link to the Past. Feita por comunistas em 1917, foi uma arma criada pra levar os jovens jogadores de Super Nintendo a apoiarem a revolução e mandarem o Czar Nicolau II pra Dark Land Sibéria numa viagem sem volta.

Esta versão nunca foi publicada nos Estados Unidos, pra evitar de os subversivos atuarem por lá.

História[editar]

A Pérola, pra você prever o futuro e dar um presente massa pro seu tio.

Tudo começou quando o rei velhote de Hyrule foi morto pelo Agahnim, o mago louco, que era tão louco que queria virar o rei mais poderoso da Terra, e achava que iria conquistar o mundo usando uma misteriosa torre, a torre da Triforce, uma porcaria de torre mais abandonada que o Farol de Olinda. Aí começou sua paranoia...

Nessa paranoia, Agahnim decidiu comer 7 meninas de Hyrule, uma delas, a princesa Zelda. Esta última mandou um fax para uma dupla de associados ao PSTU, Talon e Link, para que eles roubassem os planos desse ambicioso rei. Talon foi, mandando Link ficar no comitê para dar santinhos da candidatura de Zé Maria para presidente.

Mas Link achou esse negócio muito chato e decidiu ir atrás do tio. Após procurar pra caramba na Vila Kakariko de lá (que é no meio da cidade, escroto...), ele acha um toco, que ele puxa e cai num buraco.

Lá, ele percorre todo o castelo, cheio de espinhos, e acha seu tio todo fodido após levar um chute quáduplo na coluna de um capitalista entreguista. Ele dá ao Link as armas de guerra: um exemplar do Manifesto Comunista e um escudo com o retrato de Karl Marx, que assustaria todos os capitalistas.

Assim, Link consegue achar a princesa Zelda, e com ela ele segue pelo castelo subterrâneo, saindo do calabouço pra conseguir ir para novas aventuras, só que... ao cruzar uma porta... dão de cara com... Agahnim??? Não! DÃO DE CARA COM GANON!!! Eu nem faço ideia de como ele foi parar em Hyrule (já que ele vivia preso em Dark Land), mas você pode vencê-lo facilmente o enganando e passando por baixo dele até onde deve estar a Triforce. Aí aparece a Triforce azul (azul?) e o jogo vai pra zerada. Pois é, já!

Curiosidades[editar]

Talon decapitado, muito foda essa imagem!
  • Talon aparece sem cabeça (bem guro isso, não?).
  • O seu primeiro ítem nessa versão é a Pérola da Lua (pra você não esquecer o aniversário do Talon, OMG!). A lâmpada só aparece bem depois, e acaba sem utilidade alguma.
  • O outro ítem que você pega é um cogumelo. Sim, aquele que te deixa bem doidão. E o bumerangue? Acho que alguém enfiou ele no lugar errado.
  • O mapa é todo trocado (e bugado...).
  • As pessoas nas casas (trocadas de posição) falam exatamente a mesma merda que na versão original, o que te deixa bem intrigado sobre que diabo de jogo enfim você está jogando (ou no mínimo te faz perceber como os criadores dessa ROM são uns amadores).
  • Os soldados de escudo fazem desde patrocínio sobre o criador da ROM como também falam coisas idiotas, como "como essa noite está chuvosa, hein?"
  • Agahnim não aparece no jogo. Só é citado, citado, mas aparecer que é bom, nada.
  • Até Ganon toma um susto quando vê Link e Zelda embaixo deles adentrando na sua sala ("de onde você veio???").
  • A zerada é a parte mais escrota. Como os idiotas que fizeram essa ROM só trocaram de posição o cenário, tudo, mas tudo mesmo, ficou bugado. Você verá o deserto cheio d'água, gente em cima de coisas onde nem o Superman conseguiria ficar, entre outros bugs.

Galeria[editar]

Cquote1.png É por isso que eu odeio essas ROMs feitas por fãs idiotas... Cquote2.png
Você sobre Tower of Triforce.