Thimphu

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Thi Infiu (conhecida como Shangri-La do mundo real), é a capital do Butão e portanto literalmente um cu. É conhecida por ser a única capital do mundo que não possui semáforos de trânsito ou luz elétrica.

História[editar]

Panorama de Thimphu e toda a variedade tediosa de porra nenhuma a se fazer por lá.

Thimphu funcionava inicialmente como um dos mais isolados mosteiros budistas do mundo no século XIII. O lugar tinha absolutamente porra nenhuma para se fazer além de ficar olhando para a cara dos amigos monges carequinhas, comer arroz e pensar na morte da bezerra (meditar). Na verdade, a cidade ainda não passa disso até hoje, a única diferença é que hoje é considerada capital de um país.

Em 1960 Thimphu foi declarada a capital do Butão devido à completa falta de qualquer outra coisa que se assemelhasse a uma "cidade" no país inteiro. É uma dessas cidades muito exploradas pela Lara Croft e arqueólogos que tem como hobbies enfrentar tipos como o abominável homem das neves, habitantes locais.

Thimphu parece cidade de filme, a tecnologia da energia elétrica ainda não chegou lá, a única opção de lazer do povo é ficar olhando a grama, observando as nuvens, rezando e passar as noites se masturbando. A vida por Thimphu é muito tranquila, um thimphuense normal costuma levantar 4 da manhã para ficar cantando Hare Krishna por 3 horas, depois vai para a lavoura plantar arroz, depois no horário de almoço come arroz feito pela avó, de tarde vai trabalhar na lavoura de arroz, de noite janta arroz feito pela avó, passa a noite catando grilos para coleção e vai dormir. E assim segue a rotina thimphuense.

Geografia[editar]

Thimphu está lá no alto do morro do Himalaia. O clima frio de altitude e o solo infértil em socalcos são ideais para o plantio de arroz, a grande força da economia local.

Pontos turísticos[editar]

Montanha das Bandeiras onde os thimphuenses desenvolvem seu lazer em subir 800 degraus para amarrar bandeiras no arame...

Thimphu é uma cidade que atrai pelo turismo, oferece uma sensação única aos visitantes de estarem vivendo em pleno século V da humanidade, com as pessoas em tempo real como se fossem camponeses no feudalismo.

  • Mosteiros Tango e Cheri - Antigos mosteiros budistas que ficaram famosos por terem inventado os sucos Tang.
  • Palácio Dechenchoeling - Palácio onde mora o rei do Butão, um dos mais poderosos do mundo, se ele mandar todo mundo pular do alto do Everest assim será feito.
  • Biblioteca Nacional - Antiga biblioteca cheia de livros em butanês com receitas de frango frito e carneiro assado.
  • Estátua Buddha Dordenma - Considerada a maior estátua de Buda do mundo. Não espanta muito porque levando em consideração o nível de tédio da cidade é de se esperar que o povo passe 50 anos construindo uma estátua gigante na rocha.

Como trollar um thimphuense[editar]

  • Dizer que Kathmandu é mil vezes melhor.
  • Perguntar qual a maneira correta de ter sexo com cabras.
  • Dizer que o povo de Thimphu não passam de chineses eremitas.
  • Lembrar que eles não podem jogar PlayStation 2 pela inexistência de fornecimento de energia elétrica.