Cláudio, o Idiota

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Romanopre.jpg ROMANI ITE DOMVM DESCICLOPÆDIA!!!

HÆC ARTICVLVS ROMANVM EST. LATIM LOQVÆBITVR. NON INTERLEGIT? HVMORIS PRIVATVS NON EST. MVITISSIMVS HVMORISTICVS! SED ROLA MEAM VADE MAMARE! VADE FŒDERE CVM PORRIBVS NOSTRVM.

Spqrpre.jpg


Cquote1.svg Eu não sou idiota... eu só me fingia pro Calígula... Cquote2.svg
Cláudio sobre si mesmo

Cquote1.svg Você fingia muito bem...que cheiro é esse? Cquote2.svg
Povo romano sobre Cláudio

Cláudio, o exemplo de nobreza e dignidade da família dos Césares

Cquote1.svg Amigos, estou sem fala, palavras não podem descrever...o que sinto...dão licença que eu preciso ir ao banheiro Cquote2.svg
Cláudio

Tibério Cláudio Druso vulgo Clá-clá ou ainda Clá-clá-clá...Cláudio! era o tio retardado de Calígula. Não que Calígula fosse muito melhor. Aliás, o único que o sobrinho não mandou matar, justamente porque era retardado. Ser retardado facilitou muito a vida de Cláudio, inclusive ser imperador. Depois que Calígula foi despachado para o Hades; O único vivo era Cláudio. Ah, sim, ai ele contou seu grande segredo, ele não era idiota, mas muito esperto, era assim, um Eduardo Suplicy romano. Suplicy porque também era corno público. Sua primeira esposa, Messalina, casou com o amante em praça pública enquanto Cláudio estava viajando, e a segunda esposa, Agripina, dava para o Nero... que era seu próprio filho. A diferença é que Cláudio gostava de jogar dados e jogos de arena e não usava cuecas vermelhas em cima da calça. Após sua morte ele foi canonizado como Deus das Abóboras e Jerimuns.

Ascensão[editar]

Brilhante esconderijo de Cláudio

Cquote1.svg NÂO ME MATE, POR FAVOR! Cquote2.svg
Cláudio, atrás da cortina

Cquote1.svg Sabia que deveria ter me escondio no armário Cquote2.svg
Cláudio

Peguei!

Um belo dia Cláudio foi até o Palatino jogar uns dados quando viu muita gente correndo. Andando um pouco mais, achou seu sobrinho Calígula morto no chão. Os soldados da guarda andavam enfurecidos pelo seu cochilo, e estavam matado pelo palácio inocente e culpados. Achando que iriam o matar também, Cláudio fugiu, mas só teve tempo de se esconder atrás de uma cortina. Descoberto pelos seus pés para fora po um soldado, Cláudio não foi morto, mas levado até o acampamento da Guarda Pretoriana, foi aclamado imperador. Que sorte, hein?

Ele, Cláudio[editar]

Cquote1.svg Quem vai ler isso? Escrito por um gago babão! Daqui a pouco você vai me dizer que vão existir representações sobre a sua vida vistas por milhões. E depois eu que sou louco...eu sou louco, Tio Cláudio? Cquote2.svg
Calígula

Guarda Pretoriana: Hei, Hei, Hei! Cláudio é nosso rei Imperador!!! (Porque Roma não tinha reis)

Cláudio foi um escritor de mão cheia, escrevia sobre tudo, entretanto seus textos foram perdidos, em larga maioria. Quem iria querer ler os textos de um gago, coxo, babão e com acessos de raiva? Cláudio adorava escrever um primeira pessoa. Eis um fragmento sobrevivente de seus textos:

"Eu sou Cláudio. Por que estou escrevendo esse texto? Para posteridade. Tudo que escrevo é para a posteridade. Meu decreto sobre gases foi relativamente bem aceito. Tivemos uns problemas colaterais entretanto. Na ultima sessão do Senado a coisa ficou feia, os senadores e eu voltavamos de um banquete. Pra quê? Ficou um cheiro, mas um cheiro, que mais um pouco dava pra começar uma competição de peidos. É um preço que estou disposto a pagar, não quero que meus súditos sofram com peido preso. Sabem que peido preso faz mal à saúde, não sabem? Estou pensando em liberar arrotos também. Gases presos fazem mal, e não tem coisa pior que peido encanado. Eu já disse que sou Cláudio?"


Precedido por
Caio César Calígula
Mininero.jpg
Imperador Romano

41 - 54
Sucedido por
Nero Cláudio César
Bush-besta.jpg "Não, cê é burro cara, que loucura..."

Este artigo é sobre algo ou alguém burro ou completamente imbecil.

E acredita na veracidade das lutas da WWE.