Wonkavision

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Palcovazio.jpg Wonkavision já acabou!

Ainda bem!

Clique aqui pra ver os grupos que non eczisten mais.


Cquote1.png Degenerados! Cquote2.png
Willy Wonka sobre Wonkavision
Cquote1.png Eu quero meus amiguinhos de volta! Cquote2.png
Charlie sobre Wonkavision
Cquote1.png Isso Ecziste! Cquote2.png
Padre quevedo sobre tentativa da wonkavision de iniciar o apocalipse
Cquote1.png Não aguento mais trabalhar aqui. Eu passo o dia contando as horas pra sair Cquote2.png
Will sobre a fábrica de chocolates
Cquote1.png Não sou normal, nem todo mundo é iguaaaaaaal! Cquote2.png
Manu sobre Manu
Cquote1.png Tchuru tchuru. Cquote2.png
Kiko sobre qualquer música
Cquote1.png O Plano Mudou! Cquote2.png
Grazi sobre sair da banda
Cquote1.png Que papo é esse de Oompa Loompa? Cquote2.png
Gustavo sobre esse artigo na desciclopédia

O pessoal do Wonkavision fingindo que estão jogando alguma coisa

Wonkavision[editar]

Era uma vez quatro Oompa Loompas que trabalhavam na fábrica de willy wonka. Eram duas fêmeas e dois machos que haviam se empolgado muito com a parte musical do filme recém lançado, não querendo saber de fazer outra coisa além de cantar. O dono da fábrica de chocolate não achou outra solução a não ser demitir esses quatro degenerados que queimavam as deliciosas barras de chocolate por falta de atenção ao trabalho, apesar dos fervorosos protesto de Charlie.

História[editar]

Os quatro Oompa Loompas saíram da Inglaterra e foram se aventurar na América, mais especificamente nos Estados Unidos da América. Lá eles viveram em Miami por um tempo onde não conseguiram deslanchar como quarteto musical, graças a uma bandinha chamada Weezer, que teve a infâmia de COPIAR esse quarteto, usando moog em suas músicas. Como tudo que é copiado fica mais famoso, o Weezer deu certo e a recém formada banda de Oompa Loompas (provisoriamente sem nome) ficou revoltada e migrou para o sul durante o inverno. Indo cada vez mais para o sul, eles finalmente chegaram no verdadeiro Sul (O Rio Grande do Sul) e lá resolveram tentar novamente a sorte como banda. Foi então que um dos quatro teve a ideia de homenagear seu injusto ex-patrão colocando o nome na banda de Wonkavision. Então começou a jornada dos Oompa Loompas para tentar ganhar a vida como músicos.

Eles lançaram um CD com músicas com melodias alegres e letras que falam das suas idiossincrasias (uma palavra que um deles leu em algum lugar e achou legal sair repetindo por aí). Depois da saída de um de seus membros da banda, o compositor ficou visivelmente putinho e saiu escrevendo músicas sobre suicídio, com letras como “VOU CORTAR MEU PULSO AGORA” ou ”QUANDO DESCOBRIREM DO QUE SOU CAPAZ SERÁ TARDE DEMAIS”, além de letras sobre ménage-à-trois [1]. Tais músicas foram escritas para serem mensagens altamente subliminares que iriam influenciar todas as pessoas do mundo a fazerem coisas que a Igreja Universal do Reino de Deus proíbe, iniciando assim o apocalipse. Aparentemente isso não deu certo. O Padre Quevedo, porém, discorda disso.

Integrantes[editar]

Para sobreviver no mundo hostil fora da fábrica de chocolates, os oompa loompas tiveram que adotar identidades secretas. Aí vai a descrição de cada um deles:

Oompa Loompa #1: Will - A mente perversa por trás da banda. Foi ele que convenceu os outros três a se rebelarem contra Willy Wonka e se tornarem músicos. Como tem muito talento pra fazer as pessoas acreditarem que as coisas são melhores do que realmente são, arranjou um disfarce onde trabalha com publicidade. Toca guitarra e escreve a maioria das mensagens macabras altamente sutis e subliminares, que, de tão subliminares, não influenciaram ninguém até hoje.

Oompa Loompa #2: Manu – Era uma doce e meiga oompa loompa até ter a ideia do seu moog copiada pelos caras do weezer. A partir daí ela se tornou uma louca psicótica paranóica psicopata pseudo normal, por isso entrou na faculdade de Psicologia.

Oompa Loompa #3: Kiko - Trabalhava na cozinha derretendo chocolates. Por sua experiência em derreter as coisas ele se tornou borracheiro. Como também gostava de bater panelas se tornou o baterista da banda. Também faz backing vocal.

Oompa Loompa #4: Grazi - Tocava baixo na formação original. Era muito boa fofoqueira e por isso arranjou um emprego de jornalista. Porém, logo viu que o mundo não era divertido como Will havia dito, e que havia muita concorrência no ramo de fofoca e por isso desistiu da banda e voltou pra fábrica de chocolates onde, até hoje, trabalha limpando o chão da cozinha como castigo por ter fugido.

Gustavo - Um reles humano que entrou para substituir Grazi no baixo. Toca muito bem, mas nem desconfia da verdadeira natureza de seus companheiros de banda e pode ter certeza que Will vai fazer alguma coisa quando ele descobrir a verdade.


Discografia[editar]

  • Preview (2002)
  • Wonkavision, Wonkainvasion (2004)

Curiosidades[editar]

  • O CD wonkavision foi relançado como wonkainvasion quando Will ficou revoltado e resolveu fazer sua “invasão“ com mensagens subliminares;
  • O próximo trabalho dos 3 Oompas sairá em breve (aham...)
  • O site da Wonkavision foi interditado pela CIA para que nunca possa entrar no ar e espalhar o conteúdo perigoso de suas músicas;
  • Depois de ouvir acidentalmente uma das músicas da banda na internet, o Diretor geral da Cia, o Sr Sam MacDonald's, emitiu uma ordem para desinterditar o site da wonkavision. Ele também comprou duas camisas e um Cd da banda por meio de um laranja.

Notas[editar]

<references>

  1. Suruba, que escrita em francês é mais chique